0

Apelação do Uruguai não tem data para ser julgada na Fifa

28 jun 2014
12h04
  • separator
  • comentários

O Uruguai já avisou à Fifa que vai entrar com um recurso contra a pena de nove jogos e quatro meses de suspensão imposta ao atacante Luiz Suárez pelo Comitê de Disciplina. Agora, a federação uruguaia tem até a próxima sexta-feira para enviar a documentação. O Comitê de Apelação não têm prazo para responder. “Eles devem responder o mais rápido possível”, disse a porta-voz da Fifa, Délas Fischer.

<p>Su&aacute;rez j&aacute; retornou ao Uruguai ap&oacute;s receber suspens&atilde;o</p>
Suárez já retornou ao Uruguai após receber suspensão
Foto: Shaun Botterill/ FIFA / Getty Images

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Mas isso não quer dizer que Suárez possa voltar a jogar pelo Uruguai caso a seleção avance na competição. “O recurso não tem efeito suspensivo”, frisou Délia, que afirmou que como a instância agora é outra, o caso será analisado por outras pessoas. “Em casos urgentes pode reduzir o prazo para a entrega das razões de recurso”, disse.

Délia evitou comentar as declarações do técnico uruguaio, Óscar Tabarez, de que a punição a Suárez foi algo orquestrado por interesses midiáticos e acusou a Fifa de omissão em outros casos de violência na Copa do Mundo, como o do francês Sakho, que deu uma cotovelada em um adversário equatoriano e não foi punido. “O Comitê de Disciplina é independente”, se limitou a dizer.

O caso Sakho foi levantado porque na semana passada o médico da Fifa, Diri Dvorak, deu declarações dizendo que uma cotovelada pode até matar um adversário. Mas curiosamente a Fifa preferiu punir a mordida de Suárez ao Chiellini a cotovelada de Sakho. O Comitê Disciplinar da Fifa é independente mas seus membros são escolhidos pelo Comitê Executivo da Fifa e têm mandatos de oito anos, sendo que o presidente tem que morar na Suíça, onde a Fifa tem sua sede. 

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade