0

Barça quer apresentar Suárez até sexta e o defenderá no CAS

14 jul 2014
14h48
  • separator
  • comentários

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, comentou no Rio de Janeiro a tão comentada transferência do uruguaio Luis Suárez para a equipe catalã, a partir da próxima temporada. O dirigente conversou com alguns jornalistas espanhóis no hotel em que ficou hospedado para assistir à final da Copa do Mundo. O Terra foi o único veículo brasileiro a estar presente na entrevista. 

<p>Barcelona deve tentar reduzir suspensão de quatro meses de Luis Suárez para contar com o jogador mais cedo na temporada 2014/15</p>
Barcelona deve tentar reduzir suspensão de quatro meses de Luis Suárez para contar com o jogador mais cedo na temporada 2014/15
Foto: FCB / Divulgação

Bartomeu afirmou que o clube pretende defender Suárez na Corte Arbitral do Esporte (CAS) para diminuir a punição imposta ao uruguaio. Por conta da mordida que deu no italiano Chiellini, na primeira fase da Copa do Mundo, o jogador foi suspenso pela Fifa de qualquer atividade no futebol por quatro meses. 

"Estamos pendentes de assinar o contrato com o jogador e vamos entrar com um recurso no CAS para tentar rebaixar a sanção. Mas aqui temos algo que: 'se há feito mal, o jogador tem que cumprir a sanção imposta'", afirmou o presidente do Barcelona. De acordo com ele, o episódio que aconteceu na Copa do Mundo já está superado.

"Sobre o incidente com Chiellini, ele me disse que pediu desculpas, que se tinha equivocado. Mas é uma tema que ficou resolvido". O dirigente não quis comentar as informações divulgadas na imprensa espanhola sobre uma cláusula "antimordidas" do jogador no contrato assinado com o Barcelona. "Não posso explicar os detalhes contratuais do jogador...O que posso dizer é que é um jogador que nos interessava muito contratar e vamos recebê-lo de braços abertos".

De acordo com Bartomeu, o Barcelona nunca ficou receoso em contratá-lo, mesmo após o episódio da mordida. "Em nenhum momento o que aconteceu na Copa do Mundo interferiu na contratação. Já estávamos conversando com ele e seu agente antes, mas o que queremos é um jogador talentoso e com uma forma de jogar que se encaixa no que queremos. Queremos ajudá-lo a voltar nessa dinâmica de treinar e jogar".

<p>Presidente do Barcelona afirma que nunca ficou temeroso com a contratação de Suárez, nem após o episódio da mordida</p>
Presidente do Barcelona afirma que nunca ficou temeroso com a contratação de Suárez, nem após o episódio da mordida
Foto: Reuters

O dirigente disse que pretende apresentar Suárez até sexta-feira. A Fifa declarou, recentemente, por meio de sua porta-vez, Delia Fischer, que o Barcelona não poderá apresentá-lo no Camp Nou, devido à punição dada ao uruguaio. "Não posso dizer as cifras exatas sobre o caso Suárez porque se está previsto dizer no dia da apresentação do jogador. Deve ser na semana que vem, não sei se será quinta ou sexta. Mas estou contente pelo negócio e que nos traz algo que queríamos. Sobre o valor é algo que o Barcelona pode pagar e pode assumir perfeitamente".

Segundo Bartomeu, a chegada de Suárez foi solicitada pelo diretor de futebol, Andoni Zubizarreta, e pelo novo treinador da equipe catalã, Luis Enrique. "É um jogador que foi pedido por Zubizarreta, que nos pediu Luis Enrique e que nos traz um outro aspecto. Queríamos reforçar o ataque do Barça e o que escuto do sócio é que vai ser espetacular ver um ataque com Neymar, Suárez e Messi. O feito é que ele é jogador do Barça".

 

 

 

 

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade