6 eventos ao vivo

Ghiggia critica Suárez: "o garoto não está bem da cabeça"

27 jun 2014
09h07
atualizado às 09h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Alcides Ghiggia, o autor do gol que deu ao Uruguai o título da Copa do Mundo de 1950, criticou o atacante Luis Suárez pela mordida que deu no zagueiro italiano Giorgio Chiellini na última terça-feira, na partida em que os uruguaios venceram os rivais por 1 a 0 e garantiram vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2014.

<p>Ex-jogador lamentou postura de camisa 9 após mordida: "é uma partida de futebol, não uma guerra ou uma briga"</p>
Ex-jogador lamentou postura de camisa 9 após mordida: "é uma partida de futebol, não uma guerra ou uma briga"
Foto: Andres Stapff / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Único remanescente do time campeão mundial em 1950, Ghiggia elogiou o estilo de jogo de Suárez, mas afirmou que o camisa 9 tem problemas que deveria resolver.

Rodolfo Rodriguez elogia Suárez e critica Brasil na Copa

Para Ghiggia, o compatriota “joga bem, mas tem feito coisas que não são normais para um jogador ou para um jogo de futebol”. “O garoto claramente não está bem da cabeça. Isso (mordida) não é algo que você faz em campo. Acho que a Fifa pode puni-lo”, afirmou o veterano uruguaio, de acordo com o jornal britânico The Telegraph.

Suárez foi punido nesta quinta-feira pela Fifa pela mordida em Chiellini. Além de ficar nove jogos sem poder defender a seleção uruguaia, o camisa 9 ainda está banido do futebol por quatro meses, sem nem sequer poder entrar em estádios. Ainda nesta quinta-feira, sua credencial da Copa do Mundo de 2014 foi cassada.

Para Ghiggia, o momento pode servir para Suárez refletir. “Ele já fez isso na Inglaterra, e agora fez isso de novo. É anormal. É uma partida de futebol, não uma guerra ou uma briga”, completou o ex-jogador, 87 anos.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade