0

Kaká lamenta punição a Suárez na Copa: "todo mundo perde"

Meia do Milan afirmou que punição ao atacante uruguaio é ruim para Copa do Mundo

27 jun 2014
14h04
atualizado às 14h06
  • separator
  • comentários

Ex-meia da Seleção Brasileira e atualmente envolvido em uma negociação que pode levá-lo do Milan de volta para o São Paulo, Kaká foi mais um nome importante do futebol a comentar a punição sofrida pelo uruguaio Luis Suárez, que está fora da Copa do Mundo e suspenso por quatro meses do futebol pela Fifa, após morder o italiano Giorgio Chiellini na vitória do Uruguai sobre a Itália por 1 a 0.

<p>Suárez está fora da Copa do Mundo após mordida</p>
Suárez está fora da Copa do Mundo após mordida
Foto: Leo Carioca / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Nunca fui tentado a morder ninguém", brincou, primeiramente, o meia, ao responder a pergunta de um jornalista estrangeiro sobre se ele já tinha tido vontade em campo de repetir a atitude do atacante uruguaio. "Acho que o Uruguai perde, a Copa do Mundo perde um grande jogador que acrescenta muito. De uma forma geral, todo mundo vai perder um pouco", lamentou.

Kaká esteve no Rio de Janeiro, onde participou de uma coletiva de imprensa organizada por sua patrocinadora e fornecedora de material esportivo, a Adidas. Hoje como torcedor, já que não ganhou chance na equipe de Luiz Felipe Scolari, o atleta afirma como é acompanhar os jogos das arquibancadas, após estar presente na equipe nos Mundiais de 2002, 2006 e 2010.

"Triste, não, porque eu fiz tudo aquilo que era possível dentro das minhas possibilidades para disputar essa Copa. O treinador fez outras escolhas, e eu respeito. Estou curtindo a Copa. Não sei se terei oportunidade de ver outra Copa dentro do meu País. Eu sei o que significa uma Copa do Mundo", afirmou.

No jogo de abertura do Mundial da Fifa, em São Paulo, entre Brasil e Croácia, Kaká foi flagrado pelas câmeras comemorando o gol de Neymar, o de empate, e cumprimentando muitos dos atuais jogadores da Seleção Brasileira. "Estou curtindo muito essa Copa, vendo jogos, indo com amigos, estive no jogo de abertura, e estou curtindo a Copa de uma outra maneira que eu não tive a oportunidade em outros Mundiais", complementou.

Diante da insistência dos jornalistas estrangeiros, em maioria no evento, em querer saber o motivo de renomados atletas como ele e Ronaldinho Gaúcho estarem fora da lista dos 23 convocados, Kaká explicou que "aqui no Brasil a gente fala que todo mundo é treinador. Eu gostaria muito de estar participando desta Copa, mas não foi possível".

Ele afirmou ainda que entende que "muitos torcedores gostariam que eu estivesse, e isso é muito de opinião. A situação é essa, e sei que o Ronaldinho, assim como eu, está torcendo para o Brasil ter sucesso". Sobre o fato de a atual Seleção Brasileira não ter em seu elenco nenhum campeão mundial, fato que não ocorria desde a Copa do Mundo de 1994, ele opinou que "eu acho que isso não é uma regra. Não é isso que vai mudar. Claro que um jogador (campeão do mundo) pode acrescentar, mas não vejo como muito necessário".

Ainda sobre o mesmo tema, Kaká defendeu os atuais atacantes de Felipão, ao responder pergunta similar sobre o fato de nomes como Ronaldo e Romário não fortalecerem mais o ataque do Brasil. "Primeiro, eu não acho que o Brasil não tenha bons artilheiros. O Romário e Ronaldo são fora de série, são de outro patamar. O Fred e o Jô podem fazer parte da Seleção. O Fred já fez uma boa Copa das Confederações. Não começou tão bem, mas já marcou um gol e acredito que ele possa ser decisivo até o final do campeonato", finalizou.

Ouça as principais músicas do Mundial:

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade