0

Cigano domina Mir, nocauteia no 2º round e mantém o cinturão

27 mai 2012
01h01
atualizado às 01h22

O cinturão dos pesos pesados do UFC segue com o Brasil. Neste sábado, em Las Vegas pelo UFC 146, Junior "Cigano" dos Santos derrotou o americano Frank Mir por nocaute técnico no segundo round e manteve seu cinturão, obtido em luta anterior com Cain Velásquez. O brasileiro dominou a luta completamente, mantendo-a somente na trocação para usar seu famoso boxe.

» Veja o novo comercial protagonizado por Anderson Silva e Steven Seagal
» Confira a história de cada combate presente na nova abertura do UFC

"Eu me sinto ótimo cara. É ótimo. Nada mal para um cara legal", disse Cigano após sua vitória. "O Mir é um lutador fantástico. Ele sabe aguentar um soco. Minha mão está dolorida", declarou o campeão dos pesados.

"Ele é o campeão, ele é veloz e me acertou muito rápido. Não conseguir fazer nada contra ele. Quis um desempenho melhor, mas não foi possível. Sabia que seria difícil para derrubá-lo, tentei , mas ele forçou a luta de boxe", explicou um resignado Mir.

O adversário de Cigano na luta originalmente seria o fenômeno holandês Alistair Overeem, responsável pela aposentadoria de Brock Lesnar. Ele, porém, foi flagrado em exame antidoping por excesso de testosterona no organismo, e substituído por Mir.

A luta começou com calma e muito estudo entre os dois. A primeira ação foi de Mir, que buscou a perna do brasileiro, mas Cigano conseguiu se desvencilhar. O confronto seguiu com ritmo lento e trocação. Com pouco mais de dois minutos de luta o campeão conseguiu acertar o primeiro bom soco. Nos últimos instantes do assalto o brasileiro obteve uma boa sequência de golpes, mas sem o nocaute.

Para o segundo round, Cigano derrubou Mir com um belo direto, e permitiu que o americano se levantasse. O campeão tinha a convicção de que a disputa se revolveria em pé, e seguiu a luta a seu estilo. Com um novo direto ele derrubou o americano, que não teve forças para reagir e ainda viu o brasileiro dar uma nova marretada antes de o árbitro Herb Dean decretar o fim da luta.


Junior Cigano acerta soco em Frank Mir; boxe do brasileiro foi decisivo
Junior Cigano acerta soco em Frank Mir; boxe do brasileiro foi decisivo
Foto: Getty Images
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade