2 eventos ao vivo

Após duelo em Mugello, Lorenzo e Márquez se reencontrarão no GP da Catalunha

2 jun 2016
13h09
  • separator
  • comentários

Duas semanas após chegada emocionante no Grande Prêmio da Itália, em Mugello, os espanhóis Jorge Lorenzo, da Yamaha, e Marc Márquez, da Honda, serão os principais protagonistas do GP da Catalunha, que será disputado no circuito de Montmeló, em Barcelona.

Na etapa passada, a sexta do Campeonato Mundial de MotoGP, Lorenzo, atual campeão da categoria, desbancou o compatriota por apenas 19 milésimos de segundo, graças a ultrapassagem espetacular nos metros finais antes da bandeirada.

O resultado conquistado em Mugello manteve o piloto da Yamaha na liderança isolada da competição. De quebra, o espanhol ainda conseguiu aumentar a vantagem para o vice-líder, que é o próprio Márquez, para dez pontos (115 a 105).

Na temporada 2016, em apenas um GP, o da Espanha, disputado no fim de abril, os dois primeiros colocados do Mundial não foram os vencedores. Na ocasião, o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, terceiro na tabela, com 78 pontos, cruzou a linha de chegada na ponta.

Além do embalo pela grande vitória conquistada na Itália, a segunda consecutiva na temporada, Lorenzo ainda vai tentar manter o ótimo retrospecto no circuito localizado em Barcelona, onde venceu em 2010, 2012, 2013 e 2015 pela MotoGP - em 2007 ainda levou a melhor na categoria 250 cilindradas, atual Moto2.

Márquez, por sua vez, chega para a sétima etapa do Mundial após o anúncio feito pela Honda de que ampliou o vínculo contratual com o piloto até o fim de 2018. Companheiro do campeão de 2013 e 2014, o também espanhol Dani Pedrosa tentará, neste fim de semana, ir além do quarto lugar, resultado que alcançou nas últimas quatro etapas.

Na Moto2, em que o equilíbrio vem dando o tom da disputa, o britânico Sam Lowes, da Gresini Kalex, líder com 98 pontos, colocará mais uma vez a liderança em jogo, após sexto lugar na França e terceiro na Itália.

O piloto tem só dois pontos de frente para o espanhol Álex Rins, da Pons Kalex, 16 para o suíço Thomas Luthi, da Interwetten Kalex, e 17 para o francês Johann Zarco, da Ajo Kalex, que venceu a última etapa, em Mugello.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, vai em busca da reabilitação, depois do oitavo posto na prova mais recente, que freou a sequência de dois quartos lugares que o colocaram na oitava colocação na tabela - agora ele é nono.

A Moto3, por sua vez, é a categoria com líder mais folgado, no caso, o sul-africano Brad Binder, Red Bull KTM Ajo, vencedor das últimas três etapas, que tem 127 pontos, 49 de vantagem para o segundo colocado, o espanhol Jorge Navarro, da Estrella Galicia 0,0 Honda.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade