0

"É uma desilusão ao quadrado", lamenta Rossi após abandono em casa

22 mai 2016
16h47
  • separator
  • comentários

Pole position e diante de mais de 100 mil fãs no circuito de Mugello, Valentino Rossi tinha uma atmosfera totalmente favorável para vencer o GP da Itália de MotoGP pela primeira vez desde 2008, mas teve de abandonar a prova devido a problemas no motor e, após a prova, não escondeu a frustração.

"Neste circuito, cada emoção é amplificada, e esta é uma desilusão ao quadrado. Esse tipo de coisa não costuma acontecer na Yamaha, a última vez que não terminei uma corrida por um problema deste tipo foi em 2007 em Misano", lamentou 'Vale'.

"Faz muito tempo que não venço em Mugello, e hoje tinha um bom ritmo e poderia ter lutado pela vitória. A atmosfera era preciosa, e ver toda a pista amarela durante a volta de apresentação foi emocionante", completou.

Rossi se disse particularmente frustrado porque seu companheiro de equipe, o espanhol Jorge Lorenzo, também teve um estouro de motor, mas na sexta-feira. "Dei muito azar, o que aconteceu comigo foi o mesmo que com Lorenzo, com a diferença que com ele foi durante os treinamentos, e comigo, na corrida", lembrou.

A frustração em casa por si só já foi ruim para Rossi, mas o abandono torna-se ainda pior porque seus principais concorrentes na luta pelo título foram bem em Mugello. Lorenzo venceu e lidera o Mundial, com 115 pontos, dez a mais que o também espanhol Marc Márquez (Honda), segundo colocado do dia e do campeonato. 'Vale' é terceiro, com 78.

"Em Austin, cometi um erro, mas também falharam uma vez neste início de temporada Lorenzo e Márquez. Mas hoje, no entanto, foi algo diferente", encerrou.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade