0

Márquez vence no Japão, conta com quedas de rivais e é campeão da MotoGP

16 out 2016
12h41
  • separator
  • comentários

O espanhol Marc Márquez, da Honda, conquistou neste domingo, pela terceira vez na carreira, o título da MotoGP, ao vencer o Grande Prêmio do Japão, no circuito de Motegi, e contar com quedas do italiano Valentino Rossi e do espanhol Jorge Lorenzo, ambos da Yamaha.

Para erguer o troféu, o piloto precisava de uma combinação de resultados, tendo que cruzar a linha de chegada em primeiro, de maneira inédita na pista asiática, o "Doutor" precisava ficar abaixo do 14º lugar e o atual campeão fora do 'top-4' da prova.

Depois de intensa disputa entre o trio nas primeiras voltas, Márquez conseguiu escapar e, primeiro, viu Rossi cair, quando tentava manter o mesmo ritmo do líder. No 19º giro, foi a vez de Lorenzo ir ao chão, quando tentava encostar em Aleix Espargaró, da Suzuki.

Em primeiro, o dono da moto número 93 só precisou guiar com extremo cuidado, para terminar na ponta, chegando assim aos 273 pontos na temporada, assegurando matematicamente o título, com três etapas de antecedência.

Rossi e Lorenzo, que não conseguiram completar a etapa do Japão, seguem com 196 e 182 pontos, respectivamente, e agora só poderão brigar pelo vice-campeonato.

Na prova da madrugada de hoje, o segundo colocado foi o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, que saltou para o sexto lugar na temporada. O pódio foi completado pelo espanhol Maverick Viñales, da Suzuki, que agora é quarto na tabela de classificação.

Na Moto2, em que a briga pelo título ainda está aberta, o francês Johann Zarco, da Ajo Kalex, deu importante passo para assegurar o troféu, ao terminar a etapa na segunda colocação, atrás apenas do suíço Thomas Lüthi, da Interwetten Kalex. O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, completou o pódio.

O líder da temporada chegou aos 222 pontos com o resultado de hoje, e abriu 21 de frente para o espanhol Álex Rins, da Pons Kalex, que hoje só conseguiu chegar na 20ª colocação em Motegi, após cair na parte inicial da etapa.

Já na Moto3, o sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM Ajo, campeão antecipado da temporada, foi ultrapassado quase na linha de chegada e acabou batido pelo italiano Enea Bastianini, da Gresini Honda, agora vice-líder do campeonato, que venceu a prova. O também italiano Nicolò Bulega, da VR46 KTM, ficou em terceiro.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade