0

Piloto Luis Salom perdeu ponto de freada antes de acidente

6 jun 2016
13h41
atualizado às 14h03
  • separator
  • comentários

Dados da telemetria da moto do piloto espanhol Luis Salom, que morreu na última sexta-feira durante treinos para o Grande Prêmio da Catalunha de Moto2, indicam que ele perdeu o ponto de freada da curva 12 em 9 metros antes de se chocar contra a barreira de proteção.

As informações foram divulgadas em comunicado nesta segunda-feira pela equipe de Salom, a SAG Katex. Segundo a nota, o piloto chegou ao ponto de freada 6km/h mais lento do que em sua volta rápida, por ter saído mais devagar da curva anterior. Devido à menor velocidade, freou 9 metros mais tarde para contornar a curva 12, perdendo o controle da moto na sequência.

Acidente em treino para o GP da Catalunha da Moto2 matou o piloto Luis Salom
Acidente em treino para o GP da Catalunha da Moto2 matou o piloto Luis Salom
Foto: EFE

"Na entrada desta curva existe uma irregularidade no asfalto conhecida por todos os pilotos. Pelo atraso na freada, ao passar por cima desta irregularidade, Luis estava com o freio acionado, ao contrário da maioria das voltas anteriores, nas quais já tinha soltado o freio em determinado ponto", disse a equipe.

"Esse fato, somada à velocidade igual ao de sua volta rápida no segundo treino livre, provocou um estresse sobre o pneu dianteiro e uma perda de aderência sobre a irregularidade, que foi o que provocou a queda com o trágico desfecho que todos conhecemos", explicou o comunicado da SAG Katex.

Salom foi atendido pela equipe médica ainda na pista e levado ao Hospital Geral da Catalunha de helicóptero depois do acidente. No entanto, o piloto de 24 anos não resistiu aos ferimentos.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade