PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Palmeiras tenta "cascudo" para a Libertadores: Michel Bastos

28 dez 2016 23h42
| atualizado em 29/12/2016 às 08h20
ver comentários
Publicidade
Michel Bastos
Michel Bastos
Foto: Edu Andrade/Fatopress / Gazeta Press

O Palmeiras não vai medir esforços para voltar a erguer a taça da Copa Libertadores da América e chegar ao título Mundial. Para isso, Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube, está atrás de jogadores "cascudos". E o próximo a entrar nessa lista deve ser Michel Bastos. O meia rescindiu seu contrato com o São Paulo e tem negociações avançadas com a diretoria do Verdão, apesar de Santos e Cruzeiro também demonstrarem interesse no jogador de 33 anos.

"O Michel Bastos vai disputar a Libertadores no ano que vem. Não posso dizer o Estado onde se localiza a equipe porque acabaria a graça", comentou Emmanuel de Kerchove, empresário do atleta, à Fox Sports, nesta quarta-feira.

Apesar de Botafogo, Atlético-PR, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Chapecoense e Grêmio também estarem garantidos na próxima Copa Libertadores, apenas o Palmeiras tem 'bala na agulha' para arcar com o alto salário de Michel Bastos. Além disso, atleta não pretende deixar a cidade de São Paulo, onde está bem adaptado e com toda a estrutura para sua família.

A princípio, a ideia do Tricolor do Morumbi era usar o fato de ter um contrato até o final de 2017 com Michel Bastos tê-lo como moeda de troca nessa janela de transferências. Mas, com a decisão pela rescisão contratual sem pagamento de multas, o caminho ficou aberto e mais fácil para o Palmeiras, que no passado também já havia demonstrado interesse no jogador.

Todo esse anti-clima entre Michel e São Paulo ocorreu depois que torcedores invadiram o CT da Barra Funda e agrediram tanto o ex-camisa 7 quanto Carlinhos e Wesley. Desde então, as hostilidades só aumentaram até o ponto de Michel sequer ser relacionado para os jogos. Agora, a carreira do meia pode recomeçar em grande estilo, no atual campeão Brasileiro.

Perto de anunciar Michel Bastos, o Palmeiras já acertou com Alejandro Guerra, venezuelano do Atlético Nacional da Colômbia, Felipe Mello, que estava na Inter de Milão e também tenta as contratações e Scarpa, do Fluminense, e Borja, atacante colombiano que também defende o atual campeão da Libertadores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade