0

Após quase 5 horas, jogo de Soares e Murray é adiado por falta de luz

4 jul 2016
17h23
  • separator
  • comentários

Os dois tenistas brasileiros ainda vivos na chave de duplas masculinas de Wimbledon tiveram destinos diferentes na tarde desta segunda-feira. Enquanto Marcelo Melo teve a eliminação decretada nas oitavas de final, Bruno Soares sofreu, mas ainda não sabe qual será seu futuro no Grand Slam inglês.

Bruno Soares, 9º do ranking de duplas, e Jamie Murray, atual número 1 do mundo, protagonizaram uma verdadeira batalha contra o croata Mate Pavic e o neozelandês Michael Venus. Após quatro horas e 51 minutos, o jogo foi adiado por falta de luz natural. O placar mostrava 2 sets a 2, e o empate de 13 a 13 na quinta parcial.

No primeiro set, o brasileiro e o britânico chegaram à quebra de serviço logo no primeiro game de saque dos oponentes, e apenas administraram a vantagem para saírem na frente. Na segunda parcial, Bruno e Jamie novamente conseguiram o break cedo e, quando sacavam para abrir 2 a 0, Pavic e Venus devolveram a quebra. No tie-break, Soares e Murray foram mais eficazes e levaram o segundo set.

Na terceira e na quarta parciais, Mate e Michael cresceram na partida e complicaram a vida de Bruno e Jamie. Com um break em cada set, o croata e o neozelandês tiraram a desvantagem, igualaram o duelo e levaram a decisão ao último set.

Na quinta parcial, o sofrimento continuou. Soares e Murray conseguiram a quebra no quarto game, que foi devolvida por Pavic e Venus no sétimo. O brasileiro e o britânico aplicaram outro break e tiveram a vantagem de sacar para o jogo, mas desperdiçaram a oportunidade e tiveram o serviço quebrado.

Os tenistas seguiram confirmando seus serviços, até o empate de 13 a 13. Por falta de luz natural, o duelo será reiniciado nesta terça, ainda sem hora definida. A dupla vencedora será aquela que abrir dois games de diferença.

Melo e Dodig são eliminados

Já Marcelo Melo (8º) e Ivan Dodig (15º) acabaram eliminados pelo sul-africano Raven Klaasen e pelo norte-americano Rajeev Ram, que venceram em sets diretos, com parciais de 7/6 (3), 7/6 (5) e 6/3.

Nos dois primeiros sets, as duplas mantiveram-se firmes em seus serviços e não cederam nenhuma quebra de serviço aos oponentes. Nos tie-breaks, Melo e Dodig levaram a pior, permitindo que o sul-africano e o norte-americano abrissem grande vantagem.

Na terceira e última parcial, o brasileiro e o croata tiveram o serviço quebrado em duas oportunidades, e Klaasen e Ram garantiram vaga nas quartas de final. Agora, enfrentam a dupla vencedora do confronto entre os norte-americanos Mike Bryan e Bob Bryan, e o tcheco Radek Stepanek e o croata Nenad Zimonjic.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade