0

Francês dificulta, mas Djokovic avança à terceira rodada em Monte Carlo

18 abr 2017
13h18
atualizado às 13h39
  • separator
  • comentários

Bicampeão do Masters 1000 de Monte Carlo, Novak Djokovic estreou com vitória na competição nesta terça-feira. Enfrentando o franês Gilles Simon, o atual número dois do mundo não teve vida fácil para garantir a classificação, porém, fez o favoritismo prevalecer superando o adversário por 2 sets a 1, parciais de 6/3, 3/6 e 7/5, em duas horas e 32 minutos de partida.

Djokovic conquistou sua 11ª vitória em 12 encontros com Gilles Simon. O francês número 32 do mundo venceu apenas em 2008, no primeiro duelo entre os dois tenistas, no ATP 250 de Marselha, quando jogou em seu próprio país.

Tentando retornar à sua melhor forma, Novak Djokovic espera chegar, enfim, a uma segunda decisão de torneio nesta temporada. O Sérvio chegou apenas à decisão do ATP 250 de Doha, no Catar, vencendo Andy Murray, atual número um do mundo, em janeiro.

O jogo - Novak Djokovic começou o jogo desatento e prontamente foi surpreendido por Gilles Simon, que quebrou o saque do sérvio no primeiro game da partida. No entanto, o favorito a vencer a partida não se deixou abalar e devolveu a quebra no game seguinte. Após a oscilação inicial, Djoko se acertou e ainda conseguiu anular o serviço do rival em mais uma oportunidade para fechar a primeira parcial em 6/3.

Já no segundo set a história foi diferente. Ainda que a parcial foi marcada pelo equilíbrio, Gilles Simon estava mais ligado no jogo e justamente por isso aproveitou melhor as suas chances no saque. Bem na devolução, o francês conseguiu a vantagem necessária e salvou os breakpoints de Djokovic para dar o troco e empatar o duelo ao vencer a segunda parcial por 6/3.

No terceiro set os tenistas deram mais emoção ao duelo. Trocando quebras de saque, Djokovic e Gilles Simon dificultavam a vida daqueles que tentavam prever o vencedor do jogo. Apenas no 12º game, quando muitos já esperavam um tie-break, o número dois do mundo resolveu retomar a agressividade para anular o adversário e garantir a classificação à terceira rodada do Masters 1000 de Monte Carlo.

Novak Djokovic irá enfrentar o vencedor do duelo entre o russo Karen Khachanov e o espanhol Pablo Carreno-Busta, cabeça de chave número 13 do torneio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade