2 eventos ao vivo

Kvitova pode usar mão normalmente após ser ferida com faca

21 mar 2017
18h44
  • separator
  • comentários

Em dezembro, Petra Kvitova, bicampeã de Wimbledon e medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, teve sua mão esquerda gravemente ferida em um assalto à sua casa, em Prostejov, na República Tcheca. Em processo de recuperação, a tenista ainda não pode voltar a jogar, mas sua situação vem evoluindo.

De acordo com o porta-voz de Kvitova, Karel Tekjal, a tcheca já pode realizar ações com sua mão esquerda, contudo, ainda não é certa a data que voltará às quadras. Durante o assalto, Petra foi ferida nos tendões dos cinco dedos da mão esquerda, além de dois nervos, mas os médicos afirmaram que ela poderá voltar a jogar.

"A mão está debilitada e tem cicatrizes, mas, à primeira vista, não parece estar lesionada. Neste momento, ninguém pode marcar uma data certa. A recuperação de Petra segue as previsões, não houve complicações, mas sua volta ainda está em aberto", declarou o porta-voz.

Em dezembro, Kvitova foi vítima de um assalto em sua própria casa, quando o agressor se passou por outra pessoa para entrar na residência da tenista. A atleta teve a mão esquerda ferida e foi submetida à uma cirurgia emergencial, enquanto o assaltante, que levou cerca de R$ 600, segue desaparecido. Em coletiva após o ocorrido, Petra se mostrou confiante em sua recuperação.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade