2 eventos ao vivo

Nadal perde set, mas estreia com vitória no Masters 1000 de Monte Carlo

19 abr 2017
16h30
  • separator
  • comentários

Com mais dificuldades que o esperdo, assim como o britânico Andy Murray e o suíço Stan Wawrinka, o espanhol Rafael Nadal estreou no Masters 1000 de Monte Carlo com vitória ao eliminar o britânico Kyle Edmund nesta quarta-feira.

Defensor do título e nove vezes campeão, Nadal jamais tinha perdido um set na estreia do torneio. Foram necessárias duas horas e 18 minutos conquistar a classificação com parciais de 6-0, 5-7 e 6-3.

Após um pneu impiedoso na primeira parcial, Nadal sentiu os mesmos problemas que os outros grandes favoritos do torneio, Djokovic e Wawrinka. Os golpes não encontravam as linhas, ficavam curtos, e permitiam que Edmund atacasse sem piedade, e sem medo de errar para levar segundo set.

A regularidade do espanhol diante de um adversário de muitas oscilações contribuiu para o restante da partida, que terminou com a 59ª vitória de Nadal no torneio, no qual perdeu apenas quatro vezes.

O adversário de Nadal na próxima fase será o jovem alemão Alexander Zverev, de 19 anos, que eliminou o também espanhol Feliciano López por 6-0 e 6-4.

Ambos já se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias do espanhol. No entanto, o último confronto, válido pela terceira rodada do Australian Open deste ano, fez Nadal suar para vencer por 4-6, 6-3, 6-7 (5), 6-3 e 6-2.

O britânico Andy Murray, primeiro cabeça de chave, venceu o luxemburguês Gilles Müller em jogo duro nesta quarta-feira.

De volta às quadras quase um mês depois da eliminação para o canadense Vasek Pospisil na segunda rodada em Indian Wells, no dia 12 de março, Murray precisou de uma hora e 55 minutos para garantir a vaga nesta quarta-feira, com uma vitória por duplo 7-5.

O líder do ranking da ATP enfrentará na próxima fase o espanhol Albert Ramos-Vinolas, que passou pelo argentino Carlos Berlocq por 6-2 e 6-2.

O segundo cabeça de chave e atual número 2 do mundo, Novak Djokovic, precisou de três sets para avançar em Monte Carlo. Com o jogo mais apertado desde a segunda parcial, o sérvio eliminou o francês Gilles Simon por 6-3, 3-6 e 7-5.

O próximo adversário de Djokovic será o espanhol Pablo Carreño, que venceu o russo Karen Khachanov com um duplo 6-4. Este será o segundo duelo entre ambos. No primeiro, o sérvio venceu com facilidade por 6-0 e 6-1.

Também conquistou a classificação o campeão de 2014, Stan Wawrinka. Com algumas complicações, o suíço venceu por 6-2, 4-6 e 6-2 o tcheco Jiri Vesely, o homem que no ano passado eliminou Djokovic na segunda rodada. O uruguaio Pablo Cuevas, que enfrentará Wawrinka, despachou o português João Sousa com um duplo 6-3.

Outro que passou no sufoco foi o argentino Diego Schwartzman, 12º cabeça de chave, que venceu o espanhol Roberto Bautista por 6-3 e 7-6 (3) e enfrentará o francês Jan-Lennard Struff, que venceu o búlgaro Grigor Dimitrov de virada por 4-6, 6-3 e 6-2.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade