3 eventos ao vivo

Possível capitão, David Luiz brinca: “fiquei p.. com Thiago”

4 jul 2014
20h00
atualizado às 21h56
  • separator
  • 0
  • comentários

David Luiz, um dos principais nomes do Brasil na vitória sobre a Colômbia, por 2 a 1, brincou com o fato de não poder contar com Thiago Silva ao seu lado na próxima partida. O zagueiro é considerado um dos líderes da Seleção Brasileira e deve assumir a braçadeira de capitão na semifinal contra a Alemanha, na próxima terça-feira, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

<p>David Luiz comemora após marcar gol em jogo contra a Colômbia </p>
David Luiz comemora após marcar gol em jogo contra a Colômbia
Foto: Stefano Rellandini / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Fiquei p... com o Thiago", disse rindo ao final da partida para o canal Sportv. "Muda um pouco sem o capitão, mas quem entrar vai dar conta do recado, se prepararam para isso e agora terão a oportunidade", disse sobre Henrique e Dante, os dois zagueiros que disputarão a vaga deixada pelo capitão do Paris Saint-Germain.

Thiago Silva atrapalhou uma reposição de bola do goleiro Ospina na etapa final, recebeu o segundo cartão amarelo no Mundial e está automaticamente suspenso para o jogo contra a Alemanha. O zagueiro estava jogando pendurado desde a segunda partida, quando foi advertido contra o México.

Sobre a braçadeira, David Luiz se diz pronto para carregá-la na semifinal. "Estou preparado, sou vice-capitão da equipe e é muito fácil liderar esse grupo", comentou.

David Luiz foi fundamental para a vitória e classificação da Seleção Brasileira. Além de um bom desempenho na parte defensiva, o zagueiro foi o responsável pelo segundo gol da equipe, em cobrança de falta. Para ele, o sucesso na batida foi resultado de muita prática. "Foi o ano inteiro (treinando). O Willian até brincou comigo. O ano inteiro treinando no Chelsea e sabia que um dia Deus ia me abençoar. Obrigado a todos que me ajudaram", finalizou o jogador.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade