PUBLICIDADE

Thiago Silva

Meu time

Thiago Silva afirma que demissão de Thomas Tuchel era 'previsível'

Atualmente no Chelsea, zagueiro ex-PSG diz que sabia que havia 'situações que precisavam mudar'

4 jan 2021
14h28 atualizado às 14h33
0comentários
14h28 atualizado às 14h33
Publicidade

O zagueiro brasileiro Thiago Silva está atualmente no Chelsea, para onde se transferiu em agosto do ano passado, mas não se importou de comentar coisas de seu ex-clube, o Paris Saint-Germain. Em entrevista ao canal de TV francês RMC Sports, o jogador afirmou que a demissão do técnico alemão Thomas Tuchel, realizada na semana passada pela diretoria do time de Paris, não o surpreendeu e que o assunto já era debatido entre os jogadores, que notaram a necessidade de mudanças.

"Era previsível que isso (demissão de Tuchel) ia acontecer. De dentro, sabíamos que tinha situações que precisavam mudar. Leonardo (diretor de futebol) assumiu a situação e tomou uma decisão. Não sabemos se foi bom ou ruim", disse Thiago Silva.

O ex-capitão do Paris Saint-Germain ainda aproveitou para elogiar o técnico argentino Mauricio Pochettino, sucessor de Tuchel no comando da equipe e anunciado no último sábado, e mostrou ainda ser um torcedor da equipe francesa.

"Pochettino fez um bom trabalho no Tottenham e acho que vem muito motivado 20 anos depois de jogar pelo PSG. Ele conhece um pouco o clube. Claro que o futebol mudou muito, mas ele conhece muito o time e vai trabalhar com jogadores de topo. Continuo na torcida pelo PSG", completou o zagueiro brasileiro.

O alemão esteve envolvido em diversas polêmicas relacionadas ao trato com os jogadores do Paris Saint-Germain. Mas Tuchel e Thiago Silva ainda podem voltar a se reencontrar, uma vez que o treinador é um dos cotados para assumir o Chelsea caso Frank Lampard não consiga reverter os maus resultados da temporada e seja demitido.

Estadão
Publicidade
Publicidade