PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Futebol carioca reage nos braços do povo

8 dez 2009 17h59
| atualizado às 18h13
Publicidade

Em uma temporada marcada pela emoção em campo, um destaque foi a maciça presença de torcedores nos jogos disputados no Maracanã. O estádio mais famoso do Rio de Janeiro recebeu 24 jogos com público presente superior a 50 mil. A festa do futebol foi protagonizada pelas torcidas de Flamengo, Vasco e Fluminense, que, cada uma à sua maneira, demonstraram a paixão por seus clubes de fé. As cenas de violência diminuíram, o que contribuiu para o aumento de mulheres e crianças nas arquibancadas. Desconfiados, os botafoguenses não prestigiaram o time alvinegro com o mesmo entusiasmo dos rivais.

» Terra junta os pedaços e monta o pior jogador da Série A
» Vote e eleja os destaques do Campeonato Brasileiro
» Veja as últimas do Flamengo
» Veja as últimas do Fluminense
» Veja as últimas do Vasco

Pelo terceiro ano consecutivo, a torcida do Flamengo obteve a melhor média de público do Campeonato Brasileiro da Série A nos jogos em casa: 40.035 presentes, contra 38.761 do Atlético-MG, 26.305 do São Paulo e 21.973 do Fluminense.

Na Série B, o Vasco obteve a média de 26.754 torcedores, mesmo tendo mandado boa parte das partidas em São Januário, e não no Maracanã, e com transmissão ao vivo por TV aberta para a cidade.

Na vitória por 2x1 sobre o Grêmio, domingo passado, o Flamengo quebrou o recorde de público presente na temporada, ao conquistar o título da Série A diante de 84.848 pessoas. No primeiro semestre, o time rubro-negro já havia disputado e vencido a final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo, para uma grande plateia.

A torcida rubro-negra, que costuma dizer que o Flamengo é um time de chegada, cumpriu o seu papel, enchendo o Maracanã nas seis últimas partidas pela competição. Uma demonstração de amor ocorreu quando milhares de torcedores passaram duas noites acampados em frente ao Maracanã esperando as bilheterias abrirem para comprar ingressos para a decisão, e ainda assim, muitos voltaram para casa de mãos vazias.

Os vascaínos também viveram momentos de intensa emoção no Maracanã e são os responsáveis pela melhor média de público da temporada no estádio, com 53.157 presentes ¿ com um total de 691.052 torcedores, em 13 partidas disputadas. A partir do rebaixamento para a Série B, a torcida do Vasco passou a dar seguidas demonstrações de amor ao clube. Em 2009, compareceu em peso, no Rio e fora da cidade.

A partir de 2000, o ex-presidente Eurico Miranda abriu mão de mandar jogos importantes do Vasco no Maracanã, preterindo-o por São Januário, cuja capacidade de público é pequena.

Ao assumir a presidência, em agosto de 2008, Roberto Dinamite teve a missão de promover o resgate da velha tradição de disputar as partidas de maior apelo no Maracanã.

"É uma questão de respeito à nossa torcida, que é muito grande e desde 1950 não cabe em São Januário", explica o vice de futebol, José Hamilton Mandarino.

A secretária Estadual de Turismo, Esporte e Lazer, Márcia Lins, destaca que, em 2009, a grande novidade do Maracanã em relação à presença das torcidas foi justamente o retorno dos vascaínos, que estiveram em maioria no estádio em todos os clássicos cariocas disputados pelo time.

"Este foi sem dúvida o fator de diferenciação", conta Márcia Lins, que assistiu ao jogo Vasco 2x1 Juventude, quando o time carioca conquistou o título da Série B, ao lado do governador Sérgio Cabral e do prefeito Eduardo Paes, ambos vascaínos.

Se Flamengo e Vasco tiveram o apoio de suas massas - nas arrancadas rumo ao títulos das Séries A e B, respectivamente -, o Fluminense também não pode reclamar, visto que, graças à força da sua inflamada torcida, conseguiu reverter o que parecia impossível e se livrou do rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Uma cena marcante do apoio da torcida pelo time ocorreu após a goleada por 5x1 para a LDU, em Quito, no Equador, pela Copa Sul-americana. Na volta ao Rio de Janeiro, uma pequena multidão de tricolores compareceu ao aeroporto e recebeu o elenco do Fluminense com aplausos, gritos de incentivo e, claro, pó-de-arroz.

Confira os jogos no Maracanã em 2009 que tiveram públicos acima de 50 mil torcedores:

22/3 - Vasco 2x0 Flamengo - 73.371 presentes - Campeonato Carioca
11/4 - Botafogo 4x0 Vasco - 69.500 presentes - Campeonato Carioca
12/4 - Flamengo 1x0 Fluminense - 72.030 presentes - Campeonato Carioca
19/4 - Flamengo 1x0 Botafogo - 83.359 presentes - Campeonato Carioca
26/4 - Flamengo 2x2 Botafogo - 63.061 pagantes - Campeonato Carioca
13/5 - Flamengo 0x0 Internacional - 53.479 presentes - Campeonato Brasileiro
20/5 - Fluminense 2x2 Corinthians - 68.158 presentes - Copa do Brasil
27/5 - Vasco 1x1 Corinthians - 72.183 presentes - Copa do Brasil
31/5 - Flamengo 2x1 Atlético-PR - 71.762 presentes - Campeonato Brasileiro
22/8 - Vasco 4x0 Ipatinga - 79.636 presentes - Campeonato Brasileiro Série B
19/9 - Vasco 1x0 Guarani - 52.904 presentes - Campeonato Brasileiro Série B
20/9 - Flamengo 2x0 Coritiba - 50.552 presentes - Campeonato Brasileiro
4/10 - Flamengo 2x0 Fluminense - 82.566 presentes - Campeonato Brasileiro
10/10 - Flamengo 2x1 São Paulo - 60.280 presentes - Campeonato Brasileiro
24/10 - Vasco 2x1 Bahia - 52.631 presentes - Campeonato Brasileiro Série B
31/10 - Flamengo 1x0 Santos - 80.560 presentes - Campeonato Brasileiro
7/11 - Vasco 2x1 Juventude - 81.904 presentes - Campeonato Brasileiro Série B
8/11 - Fluminense 1x0 Palmeiras - 66.884 presentes - Campeonato Brasileiro
13/11 - Vasco 2x1 América-RN - 52.985 presentes - Campeonato Brasileiro Série B
15/11 - Fluminense 2x1 Atlético-PR - 52.511 pagantes - Campeonato Brasileiro
22/11 - Flamengo 0x0 Goiás - 83.489 presentes - Campeonato Brasileiro
29/11 - Fluminense 4x0 Vitória - 52.408 pagantes - Campeonato Brasileiro
3/12 - Fluminense 3x0 LDU/Equador - 69.565 presentes - Copa Sul-Americana
6/12 - Flamengo 2x1 Grêmio - 84.848 presentes - Campeonato Brasileiro

Torcidas de Flamengo, Fluminense e Vasco lotaram o Maracanã em 2009
Torcidas de Flamengo, Fluminense e Vasco lotaram o Maracanã em 2009
Foto: Gazeta Press
Fonte: Especial para Terra
Publicidade