0

Rio de Janeiro bate Praia, é tetra do Sul-Americano e vai ao Mundial

18 fev 2017
21h02
  • separator
  • comentários

Na noite deste sábado foi realizada a final do Campeonato Sul-Americano feminino de clubes, realizado em Uberlândia. Após um duelo emocionante, quem faturou o título foi o Rexona-Sesc, time do Rio de Janeiro, que venceu o Praia Clube por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 20/25, 25/19 e 25/10.

Com o resultado, o Rio de Janeiro faturou o tetracampeonato do Sul-Americano, o terceiro de forma consecutiva. Além disso, a equipe comandada por Bernardinho garantiu a classificação ao Mundial de Clubes. Já o Praia amargou mais uma derrota para o rival, a terceira seguida em finais de 2016 para cá.

O jogo foi bastante disputado e equilibrado. No primeiro set, as cariocas conseguiram anotar quatro pontos em sequência perto do momento de definição da parcial, e abriram a vantagem necessária para colocar 1 a 0 no placar. Além disso, o Rio foi mais eficiente no ataque, anotando 13 pontos, contra sete das oponentes.

A perda da primeira parcial não desanimou o Praia Clube, que, apoiado pela torcida, já que as mineiras jogavam em casa, o time foi para cima. Aos poucos, a equipe foi se encontrando e começou a ditar o ritmo da parcial, chegando a abrir sete pontos de frente e conseguindo empatar a partida.

O terceiro set foi parelho, com as duas equipes lutando por cada ponto. O placar mostrava 20/19 para o Rio e, a partir de então, as cariocas mostraram que não estavam para brincadeira. Com cinco pontos em sequência, as atuais tricampeãs retomaram a liderança do jogo.

O Praia dava sinais de que dificultaria a vida das oponentes no quarto set, quando abriu 3 a 0. Porém, em uma incrível reação, o Rio de Janeiro anotou oito pontos em sequência, virando o placar para 8 a 3. Com uma ampla vantagem no placar, as cariocas utilizaram toda a experiência para dominar completamente a partida e ainda colocar 15 pontos de frente para liquidar o duelo.

Na disputa do terceiro lugar, o San Martin de Porres, do Peru, garantiu um lugar no pódio ao superar o Villa Dora, da Argentina. As peruanas venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 31/29 e 25/17.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade