2 eventos ao vivo

Zagueiros falham, Flu leva 3 do Nova Iguaçu e perde a 1ª

19 mar 2017
19h01
  • separator
  • comentários

Escalado com uma equipe reserva, o Fluminense perdeu a invencibilidade no Campeonato Carioca, ao ser derrotado pelo Nova Iguaçu por 3 a 1 em partida disputada na tarde deste domingo, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. O resultado fez o Tricolor das Laranjeiras continuar com três pontos e ocupar, provisoriamente, a liderança do Grupo C, enquanto o Nova Iguaçu chegou aos seis pontos e agora é o segundo colocado do Grupo B, sendo superado pelo Flamengo, com a mesma pontuação, no saldo de gols.

Foto: Nelson Perez/Fluminense F. C.

O jogo foi equilibrado, mas as falhas individuais dos zagueiros do Fluminense contribuíram, de forma decisiva, para a derrota da equipe dirigida por Abel Braga. O Nova Iguaçu mostrou ser uma equipe organizada que soube aproveitar os erros cometidos pelo adversário para conquistar a segunda vitória no segundo turno.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Botafogo, no Engenhão. O Nova Iguaçu vai encarar a Portuguesa, no Laranjão.

O jogo – O Fluminense tentou imprimir um ritmo veloz desde o início e, logo aos dois minutos, Pedro recebeu de Mateus Norton e chutou forte, mas a zaga bloqueou. O Nova Iguaçu não se impressionou e marcou o primeiro gol aos cinco minutos. O zagueiro Reginaldo saiu jogando errado e foi desarmado por Caio Cezar que driblou o zagueiro e cruzou para a área. Wescley furou, mas Marlon não perdoou e colocou nas redes tricolores.

Foto: Nelson Perez/Fluminense F. C.

Depois de sofrer o gol, a equipe dirigida por Abel Braga tentou se organizar para buscar o gol do empate, enquanto a equipe da Baixada Fluminense recuava suas linhas e passava a explorar as jogadas de contra-ataque.

Aos 11 minutos, o Fluminense marcou o gol do empate. Mateus Norton cruzou e Pedro subiu com estilo para cabecear no ângulo direito, sem qualquer chance de defesa para o goleiro Jeffferson.

Aos 15 minutos, o Fluminense criou uma grande chance para desempatar. Osvaldo investiu pela esquerda, se livrou da marcação e lançou Pedro, na pequena área, mas o atacante errou na conclusão e desperdiçou uma ótima oportunidade. O Nova Iguaçu respondeu com um chute de Crispim que Diego Cavalieri defendeu com facilidade.

Mesmo sofrendo pressão do adversário, o Nova Iguaçu manteve a postura ofensiva dos primeiros minutos, tentando trocar passes em velocidade para surpreender a defesa do Fluminense.

Foto: Nelson Perez/Fluminense F. C.

Aos 25 minutos, Crispim foi lançado pela direita e cruzou fechado, mas Cavalieri ficou com a bola. A resposta tricolor veio em arremesso lateral de Mateus Norton que alcançou Marcos Junior, na área. O atacante bateu, de primeira, mas encobriu o travessão. Aos 31, Marcos Junior recuperou a bola na intermediária, entregou para Osvaldo que avançou e chutou para defesa parcial de Jefferson. A zaga afastou o perigo.

Aos 38 minutos, o zagueiro Nogueira falhou e perdeu a bola para Adriano que invadiu pela esquerda e tocou, com categoria, na saída do goleiro Diego Cavalieri.

O Fluminense teve a chance de marcar o gol do empate aos 41 minutos, quando Osvaldo recebeu na entrada da área, se livrou de dois zagueiros e chutou rasteiro, mas Jefferson defendeu com segurança.

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro tempo. O Fluminense buscando o ataque e o Nova Iguaçu tentando aproveitar os espaços deixados pelo adversário. Aos dois minutos, a bola bateu na mão de Calazans dentro da área, mas o árbitro nada marcou, para revolta dos jogadores da equipe da Baixada Fluminense.

Foto: Nelson Perez/Fluminense F. C.

Aos seis minutos, após boa troca de passes, o atacante Adriano bateu rasteiro e a bola se chocou com a trave esquerda. O Fluminense perdeu a chance do empate aos 15 minutos. Osvaldo fez grande jogada e rolou para Marquinho. O chute saiu desviado e Pedro, na pequena área, bateu por cima.

Abel Braga trocou Osvaldo e Marcos Junior por Lucas Fernandes e  Maranhão, mas o Fluminense continuou enfrentando dificuldades para superar a boa marcação do Nova Iguaçu.

Aos 26 minutos, o Nova Iguaçu marcou o terceiro gol. Paulo Henrique bateu falta, da esquerda, Diego Cavalieri defendeu e a bola bateu no joelho do zagueiro Nogueira e entrou.

Sem outra alternativa, o Fluminense partiu para o ataque. Criou algumas jogadas de perigo, como um chute perigoso de Pedro, aos 43  minutos, mas a defesa do Nova Iguaçu se comportou bem e garantiu a importante vitória.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 3 NOVA IGUAÇU
Local:
Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 19 de março de 2017 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Pathrice Correa Maia (RJ)
Assistentes: Jackson Massara dos Santos (RJ) e Wallace Barros Santos (RJ)
Cartão Amarelo: Reginaldo, Nogueira, Léo(Flu); Anderson, Paulo Henrique, Lucas, Vinicius Matheus, Bruno Simões(NI)
Gols:
FLUMINENSE:
Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo
NOVA IGUAÇU: Marlon, aos cinco minutos e Adriano, aos 38 minutos do primeiro tempo; Nogueira(contra), aos 26 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Mateus Norton, Reginaldo, Nogueira e Marquinhos Calazans; Orejuela. Wendel e Marquinho(Léo); Osvaldo(Lucas Fernandes), Marcos Junior(Maranhão) e Pedro
Técnico: Abel Braga
NOVA IGUAÇU: Jefferson; Crispim(Vinicius Matheus), Bruno Simões, Murilo Henrique e Lucas; Anderson(Iuri Pimentel), Paulo Henrique, Caio Cezar(Renan Silva) e Wescley; Marlon e Adriano
Técnico: Edson Souza

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade