0

Com gol de placa, Everton Ribeiro comanda Cruzeiro contra Flamengo

22 ago 2013
01h02
atualizado às 01h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Embora seja jovem, com apenas 24 anos, o meia Everton Ribeiro se acostumou a ser o principal homem do meio campo do Cruzeiro. A vitória sobre o Flamengo, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, pela Copa do Brasil, confirmou a importância do atleta na equipe celeste. Ribeiro novamente mostrou o motivo de ter a total confiança do comandante Marcelo Oliveira,  chamando a marcação e comandando a equipe.

<p>Meio-campista marcou golaço em vitória do Cruzeiro pela Copa do Brasil</p>
Meio-campista marcou golaço em vitória do Cruzeiro pela Copa do Brasil
Foto: Washington Alves/ Vipcomm / Divulgação

Em diversas oportunidades, o camisa 17 colocou companheiros em situações favoráveis ao gol. O primeiro tempo começou com pressão total do Cruzeiro. O time mineiro mostrou quem mandava no campo e tomou as iniciativas da partida. Sempre com a bola passando por Everton Ribeiro, os celestes chegavam com perigo contra a meta de Felipe.

No primeiro gol do Cruzeiro, inclusive, Ribeiro estava acompanhando o lance bem de perto. O primeiro tempo seguiu com o atleta trabalhando bastante em prol da equipe.

A etapa complementar voltou parecida. O Cruzeiro pressionava, jogava melhor, e Everton seguia na armação de jogadas da equipe azul. O melhor da festa, no entanto, ainda estava por vir. Aos 10min, em tabela rápida com Ricardo Goulart, em contra-ataque celeste, Everton pegou a bola na entrada da área, deu um belo lençol em Luiz Antônio e chutou forte para fazer um dos gols mais bonitos de sua carreira.

“Foi um gol muito bonito, vai ficar guardado na minha carreira, foi bom para ajudar. Estou feliz pelo gol e pela vitória. É um dos mais bonitos da minha carreira, deu a vitória e foi importante”, disse Everton.

O técnico Marcelo Oliveira também reconheceu a importância do tento para o Cruzeiro e pediu placa para o seu comandado. “Um gol muito bonito, importante, de um jogador que é fundamental para o esquema. Ele marca, coloca o time para jogar, é criticado às vezes, mas foi um belo gol, como poucos. Só faz um gol assim quem tem habilidade e talento”, finalizou o treinador.

Fonte: Marcellus Madureira Rodrigues de Oliveira - ME - Especial para o Terra Marcellus Madureira Rodrigues de Oliveira - ME - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade