0
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Palmeirenses queimam faixas do Coritiba e "ameaçam" Corinthians

12 jul 2012
09h43
atualizado às 09h50
DIEGO GARCIA
DIRETO DE CURITIBA

A empolgação pelo título do Palmeiras na Copa do Brasil nesta quarta-feira, após empate por 1 a 1 contra o Coritiba, repercutiu durante toda a noite na capital paranaense. E, confirmada a conquista, sobrou espaço para sarro dos palmeirenses, que queimaram faixas alusivas a um possível título do clube coxa-branca, e até ameaças precoces ao Corinthians, principal rival alviverde.

» Veja campanha, elenco e baixe pôster do campeão
» Palmeiras volta à Libertadores, encerra fila e supera 6 a 0
» Felipão acaba com jejum e confirma status de mito

Campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras ganhou o direito de disputar a Copa Libertadores da América no próximo ano, torneio vencido justamente pelo arquirrival na atual temporada. O reencontro entre os dois clubes seria uma reedição dos duelos pelas edições de 1999 e 2000, quando o time alviverde triunfou em ambas e adiou o sonho do título dos corintianos.

"O gambá (apelido dado pelos aos corintianos), pode esperar, a tua hora vai chegar", entoaram os torcedores, que conversavam entre si. "Eles vão apanhar de novo no ano que vem. Tremem contra nós", dizia um deles. "Veremos quem será bi primeiro. Contra nós, será outro vexame por parte deles", definiu Alexandre Cunha, mais um palmeirense empolgado pela madrugada paranaense.

Os adeptos do Palmeiras invadiram o Hotel Pestana, onde a agremiação alviverde estava hospedada em Curitiba, e fizeram todo o tipo de festa possível no hall do local. Com bagunça, uísque e lágrimas, eles pretendem varar a noite no Paraná. Alguns ficaram por ali bebendo cerveja, outros seguiram para bares e os mais animados foram para as baladas.

Os mais exaltados, inclusive, aproveitaram para juntar um punhado de faixas de "Coritiba campeão da Copa do Brasil 2012" para queimar. Os utensílios eram vendidos na porta do Couto Pereira nesta quarta, mas perdera a validade após a confirmação do vice da equipe coxa-branca. E, às faixas, só lhes restou o destino de serem torradas no meio da rua, debaixo de chuva e xingamentos de palmeirenses.

O Palmeiras, comandado por Luiz Felipe Scolari, conquistou a Copa do Brasil após empate em Curitiba
O Palmeiras, comandado por Luiz Felipe Scolari, conquistou a Copa do Brasil após empate em Curitiba
Foto: Fernando Borges / Terra
Fonte: Terra
publicidade