0

Após queda brusca, Guto Ferreira é demitido da Ponte Preta

3 ago 2015
20h57
atualizado às 21h17
  • separator
  • comentários

O técnico Guto Ferreira não suportou a pressão oriunda dos maus resultados dentro de campo e foi demitido da Ponte Preta na tarde desta segunda-feira, menos de 24 horas após a derrota por 3 a 1 para o Figueirense, em Florianópolis (SC), pelo Campeonato Brasileiro. Dirigentes organizaram uma reunião em Campinas para debater os problemas do futebol do clube e, após cerca de cinco horas de discussão, o martelo foi batido a favor da saída do treinador.

Contra Guto Ferreira, pesou a decadente sequência do time alvinegro. Não bastasse a eliminação na Copa do Brasil, em casa, diante do Coritiba, há uma semana e meia, a equipe campineira acumula sete jogos sem triunfar no Brasileiro (quatro derrotas e três empates). A última vitória foi no dia 28 de junho, contra o Atlético-PR, pelo placar de 2 a 1. A Ponte Preta, que chegou a liderar a competição em suas primeiras rodadas, ocupa atualmente a 13ª posição.

Guto Ferreira não é mais o técnico da Ponte Preta
Guto Ferreira não é mais o técnico da Ponte Preta
Foto: PontePress / GuilhermeDorigatti

O clima entre diretoria e comissão técnica já não era dos melhores. A saída de Renato Cajá (vendido ao Al-Ittihad, dos Emirados Árabes Unidos, por cerca de R$ 6 milhões) foi bastante criticada internamente por Guto Ferreira.

Na Ponte Preta desde julho do ano passado, Guto Ferreira comandou a equipe em 63 jogos oficiais e somou 30 vitórias, 17 empates e 16 derrotas. O resultado mais expressivo foi o vice-campeonato da Série B de 2014. No Paulisto de 2015, o técnico viu o time ser eliminado pelo Corinthians nas quartas de final.

Vale lembrar que, no início de junho, Guto Ferreira foi sondado pelo Santos, que buscava um substituto para o então técnico Marcelo Fernandes. O treinador descartou deixar o clube. Na época, o vice-presidente da Ponte, Giovanni Dimarzio, disse que o técnico tinha respaldo do clube para enfrentar uma sequência de maus resultados.

 

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade