0

De forma discreta, últimos judocas brasileiros embarcam para Londres

16 jul 2012
23h18
atualizado em 17/7/2012 às 10h59
EVANDRO FURONI
Direto de Garulhos (São Paulo)

Diferente da equipe brasileira de natação, que embarcou ontem para Londres acompanhada de gritos de incentivos dos torcedores, a equipe nacional de judô teve uma recepção bem mais discreta no Aeroporto Internacional de Garulhos, em São Paulo.

» Saiba como assistir à Olimpíada no Terra
» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Acompanhados dos familiares, poucos torcedores e membros da imprensa abordaram os judocas. Alguns dos principais atletas da equipe, Leandro Cunha entrou no avião sem ser visto por ninguém, da mesma maneira que Luciano Corrêa, que embarcou na aeronave logo após chegar de Belo Horizonte e também não conversou com nenhum jornalista.

Embarcaram nesta segunda sete dos 14 representantes brasileiros no judô. No masculino, Bruno Mendonça (categoria até 73kg), medalhista de ouro no Pan-Americano de Guadalajara no ano passado, Fernando Kitadai (78kg), Luciano Corrêa (100kg), que disputou a Olimpíada de Pequim de 2008, e Leandro Cunha (66kg), vice-campeão mundial em 2010 e 2011, além de medalhista de ouro no Pan-Americano de Guadalajara. No feminino, Maria Suellen (78 kg), Mayra Aguiar (78 kg) e Maria Portela (até 70 kg) completam a delegação.

Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg) e Rafael Silva (+100kg) embarcaram no último domingo, enquanto Sarah Menezes (48kg), Erika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg) e Mariana Silva (63kg) foram para Londres nesta segunda pelo Rio de Janeiro

Maria Suellen, primeira brasileira na categoria pesados nas últimas três edições de Olimpíada, chegou acompanhada pelo marido, Carlos Honorato, medalhista de prata nos jogos de Sidney. Apesar de acreditar que a mulher esteja pronta, o ex-judoca não resistiu em dar conselhos para a primeira Olimpíada da companheira.

"Eu sou marido, então eu acredito na medalha, ela lutou contra todos os atletas que estão na frente dela no ranking. Mas para mim o perigo não está em que está na frente, mas quem pode surpreender. É uma competição totalmente diferente, o mundo inteiro está olhando pra você. Na primeira luta você pode estar um pouco duro, um pouco tenso, e errar um golpe que pode gerar um ippon para o adversário. Passando a primeira luta, tenho certeza que ela vai se sair bem e vai trazer uma medalha", disse Honorato.

Apesar do conselho, Suellen está tranquila. Para ela, o enfoque tem que ser apenas no desenvolvimento individual, e assim surpreender os adversários e subir ao pódio.

"Eu estou bem focada apesar de ser a minha primeira Olimpíada. A gente estuda a maior parte das adversárias, mas eu procuro eu me preparar, para chegar lá e surpreendê-las", conta a judoca.

Líder do ranking mundial, Mayra Aguiar tem bem definido o seu objetivo em Londres: conquistar a medalha de ouro, apesar da forte concorrência na categoria.

"A gente entra numa competição para buscar o ouro. Se não pensar isso nem entra na competição, vai para casa. Tenho consciência de que tem diversas meninas com chance de medalhas, mas eu também tenho. A Kayla Harrison, por exemplo, que estou sempre pau a pau com ela, acho que a gente já lutou umas dez vezes", lembra atleta gaúcha.

As competições no judô começarão no dia 28 de julho em Londres, sendo encerradas no dia 3 de agosto. A delegação de judô ficará em concentração na cidade de Sheffield, que fica a cerca de 250 Km de Londres, se instalando na Vila Olímpica apenas antes das disputas de cada categoria.

Olimpíada ao vivo no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, de 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Fonte: Terra
publicidade