PUBLICIDADE

Terra estreia blogs de Careca e Marcelo Tas nesta quinta-feira

11 jul 2012 17h58
| atualizado em 12/7/2012 às 16h01
Publicidade

O Terra, maior empresa de mídia digital da América Latina, estreia nesta quinta-feira (dia 12) blogs de personalidades, como Marcelo Tas e o craque Careca, que serão alguns dos nomes famosos na cobertura do Portal durante os Jogos Olímpicos de Londres. Detentor dos direitos de transmissão para web e celulares em 17 países, o Terra oferecerá gratuitamente aos internautas as competições e bastidores da competição, que será realizada entre 27 de julho e 12 de agosto.

Terra terá equipe de blogueiros para comentar os Jogos Olímpicos de Londres
Terra terá equipe de blogueiros para comentar os Jogos Olímpicos de Londres
Foto: Fernando Borges / Terra

No Blog, Marcelo Tas formará dupla com o cineasta Henrique Goldman (diretor de "Jean Charles"), há 20 anos morando em Londres, e mostrarão os bastidores e as curiosidades dos Jogos. Faz também da equipe de blogueiros o jornalista Bob Fernandes, editor-chefe do Terra Magazine, e o especialista em inovação Silvio Meira, que falará sobre a tecnologia nestes que serão os Jogos hiperconectados. O time ainda contará com a empresária de moda Alice Ferraz, que analisará o estilo e o modo de ser dos britânicos e estrangeiros durante a Olimpíada.

Entre os ex-atletas, um dos destaques é o craque Careca. O artilheiro, um dos comentaristas de futebol do Terra nas transmissões, proporcionará aos internautas a experiência de duas Copas do Mundo (México 1986 e Itália 1990) e as passagens por clubes importantes como São Paulo e Napoli.

A cobertura contará também com um time de comentaristas convidados, que vão fazer a análise dos Jogos por todos os ângulos. Entre eles estarão Miguel Ângelo da Luz (basquete),Jaime Oncins (tênis), José Montanaro (vôlei), Djan Madruga (natação), Milene Domingues (futebol feminino), Shelda Bedê (vôlei de praia), Danielle Zangrando (judô), Carlos Ventura (atletismo), Raimundo Blanco (ginástica artística), Angélica Kvieczynski (ginástica rítmica) e Ricardo Hirsch (triatlo, atletismo e ciclismo). Integrantes da delegação brasileira, Leandro Guilheiro (judô) e Sheilla (vôlei) mostrarão os Jogos pelo ângulo dos atletas.

Sobre os Jogos Olímpicos

O Terra, uma das 30 maiores empresas de mídia digital do mundo, disponibilizará ao público até 36 sinais de vídeo simultâneos durante a competição, em um total de 4.760 horas de apresentação. Também oferecerá, pela primeira vez, conteúdo olímpico em 3D. Para realizar a maiscompleta cobertura já vista na web, o portal - única empresa de internet credenciada pelo Comitê Olímpico como Online Broadcaster - escalou uma equipe de 220 profissionais, dos quais 84 estarão em Londres mostrando tudo o que acontece em todas as sedes olímpicas.

Os primeiros jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas e produtores do Terra desembarcaram no final do mês de junho, em Londres, para a cobertura dos Jogos Olímpicos de 2012. Os internautas já estão acompanhando seus relatos no site especial London 2012 (http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos ), que é alimentado por notícias, entrevistas exclusivas, galerias de fotos e vídeos que revelam como a cidade está se preparando para receber o principal evento esportiva do planeta. Além disso, nossos jornalistas já estão à espera da chegada das principais estrelas brasileiras e mundial para a competição na Inglaterra.

O Terra também será a única empresa de internet a contar com estúdio próprio no International Broadcasting Centre (IBC), em área de 200 metros quadrados. Também terá estrutura completa de transmissão ao vivo no Crystal Palace, local de treinamento de parte da Delegação Brasileira, e no Sopwell House, em Saint Albans, onde ficará a seleção masculina de futebol.

Atraindo mensalmente audiência média global de 100 milhões de pessoas, o Terra espera alcançar este mesmo número com o seu especial olímpico. Ou seja: praticamente o dobro da audiência de sua cobertura especial dos Jogos Pan-Americanos no ano passado. Da meta projetada, estima-se que 66 milhões de pessoas acessarão a cobertura a partir de aparelhos móveis conectados - 50 milhões por celulares, 14 milhões por smartphones e dois milhões por tablets.

O Projeto

A cobertura olímpica do Terra se estende por toda a região onde atua, oferecendo conteúdo no idioma local - português, espanhol ou inglês. Nos 17 países para os quais detém os direitos de transmissão ao vivo, a empresa colocará à disposição do público vídeos em alta definição (HD), exibidos através dos mais diversos aparelhos conectados à internet - a cobertura multimídia e interativa também estará disponível em celulares e tablets. As TVs conectadas contarão com aplicativo especialmente desenvolvido pelo Terra. Além disso, as notícias olímpicas estarão em suas mais de três mil telas de Digital Out-of-Home.

A inovadora plataforma do Projeto Olímpico oferecerá ao usuário a possibilidade de assistir a duas competições esportivas ao vivo, simultaneamente, na mesma tela. Nela, o usuário também terá acesso às mais diversas informações e estatísticas em tempo real, como também poderá fazer comentários e compartilhar notícias em redes sociais como Facebook e Twitter.

Outro diferencial da cobertura virá através das mochilas-link, que circularão com os profissionais do Terra por diferentes pontos da cidade olímpica. Graças à mobilidade única em transmissões em vídeo ao vivo, elas levarão ao usuário o máximo de detalhes do evento - bastidores, outros ângulos e todos os fatos de Londres 2012.

Patrocínio

Além de recordes de audiência, as transmissões ao vivo e as completas coberturas dos principais eventos esportivos no Terra são marcadas pela presença de grandes patrocinadores. Dez marcas assinam o Projeto Olímpico: Bradesco, Ford, P&G, Sadia e Vivo são os patrocinadores máster da cobertura olímpica. Intel tem a cota "alerta medalha". Alpargatas, Centauro, McDonald's e Visa também participam do projeto, com cotas de apoio.

Fonte: Terra
Publicidade